CONTRAÇÕES

  1. Compre agora!
    COMPRE AQUI

    SÁB – 16h / DOM – 19h

    FICHA TÉCNICA
    Texto: Mike Bartlett
    Tradução: Silvia Gomez
    Direção: Grace Passô
    Cenário e Figurinos: André Cortez
    Luz: Alessandra Domingues
    Trilha Sonora: Morris Picciotto
    Direção de Produção: Gabriel Paiva
    Idealização: Grupo 3 de Teatro

    Elenco:
    Débora Falabella
    Yara de Novaes

    Duração: 75 minutos
    Classificação indicativa: 14 anos

    Responder

Espetáculo com as atrizes Débora Falabella e Yara de Novaes – que levaram juntas sete prêmios – tem direção de Grace Passô. Desde sua estreia em São Paulo, 2013, vem realizando temporadas e se apresentando em diversas cidades.

O sucesso do espetáculo Contrações foi grande por onde passou. A peça volta para a cidade onde estreou, depois de passar por Brasília, Curitiba, BH, Vitória, Porto Alegre, Recife o diversas cidades do interior paulista e Rio de Janeiro, onde foi considerada uma das 10 melhores do ano pelo Jornal O Globo. Em São Paulo, as atrizes abarcaram o APCA por suas interpretações, prêmio raro de ser dividido por duas atrizes do mesmo espetáculo. Elas também levaram o Prêmio APTR de melhor atriz no Rio de Janeiro, o Prêmio Aplauso Brasil também para as duas atrizes e o prêmio Questão de Crítica para Yara de Novaes.

Com texto do dramaturgo inglês Mike Bartlett, Contrações é uma obra cruelmente engraçada, que parte de uma situação totalmente plausível na realidade para demonstrar sua faceta mais absurda. A ação se passa em um único espaço: o escritório de uma grande corporação. A gerente (Yara de Novaes) convoca e solicita a Emma (Débora Falabella), sua funcionária, que leia em voz alta uma cláusula do contrato que proíbe aos funcionários qualquer relação com outro empregado da empresa. Nos encontros seguintes, a gerente, amparada pelo poder que tem, libera suas diferentes facetas para manipular Emma. Para manter seu emprego, a funcionária acaba por se render e danifica sua vida privada.

Parceiros criativos constantes do coletivo Grupo 3 de Teatro, Silvia Gomez assina a tradução do texto, Morris Picciotto é o autor da trilha original e André Cortez criou cenário e figurino desta montagem. A companhia foi fundada pelos artistas mineiros radicados em São Paulo Débora Falabella, Yara de Novaes e Gabriel Fontes Paiva, que atualmente assinam a direção artística do Grupo.