BESOURO CORDÃO DE OURO

  1. FICHA TÉCNICA
    Autor – Paulo César Pinheiro
    Direção – João das Neves
    Direção musical – Luciana Rabello
    Música – Paulo César Pinheiro
    Cenografia – Ney Madeira – Espetacular Produção e Artes
    Figurino – Rodrigo Cohen
    Iluminação – Paulo César Medeiros
    Operação de luz – Rodrigo Leitão
    Fotografia – Irene Nóbrega
    Produção administrativa – Patricia Faedo
    Produção executiva – Renata Peralva
    Direção de produção – Laura Castro e Marta Nóbrega
    Realização – JLM Produções Artísticas

    Elenco
    Anna Paula Black
    Cridemar Aquino
    Iléa Ferraz
    Maurício Tizumba
    Sérgio Pererê
    William de Paula
    Wilson Rabelo
    Alanzinho Rocha
    Gilberto Santos da Silva “Laborio”
    Letícia Soares
    Valéria Mona
    Victor Alvim “Lobisomem”

    Classificação indicativa: LIVRE

    Responder

Primeiro texto para teatro de Paulo César Pinheiro, grande poeta da MPB, que também compôs músicas e letras inéditas para o espetáculo, Besouro Cordão de Ouro tem direção-geral de João das Neves e direção musical de Luciana Rabello. O musical homenageia Manuel Henrique Pereira, o Besouro Cordão de Ouro ou Besouro Mangangá, maior capoeirista de todos os tempos da Bahia. São muitas as suas histórias, contadas por outros mestres capoeiristas conhecidos, como Canjiquinha, Bimba, Barroquinha, Caiçara, Budião, Rosa Palmeirão, Dora das Sete Portas e Pastinha.

O espetáculo mostra, de maneira lúdica, a trajetória, filosofia, prática e música do mestre Besouro – um personagem brasileiro, tão rico e pouco explorado – e conta um pouco da história do Brasil, com suas raízes culturais na música, na dança e no ritual. Besouro é um símbolo brasileiro de coragem, qualidade, criatividade e resistência. Importante para o reconhecimento da cultura negra, o musical circulou pelas sete capitais da região Norte do país, com o patrocínio da Petrobras Distribuidora.